Empreendedorismo

CPI foi aberta

Comissão tem prazo de 120 dias, prorrogável por mais 60, para investigar denúncia de irregularidades no recebimento de taxas para uso do Ginásio Municipal.

Foto: NT

O Projeto de Resolução número 0008/2019 que constituiu a Comissão Especial Parlamentar de Inquérito (CPI), para investigar denúncia de irregularidades no recebimento de taxas para uso do Ginásio Municipal Ademar Garrincha, foi promulgado na sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Correia Pinto no dia 14 de outubro de 2019.

No mesmo dia, foram nomeados os membros que formam a Comissão Especial Parlamentar de Inquérito (CPI).

A relatora da CPI será a Vereadora Beatriz Mesquita, o presidente será o vereador Amarildo Ruivo, tendo ainda como membros os vereadores: Everaldo da Silva, Josmar da Silva e Lúcia Ortiz.

Essa comissão terá o prazo de 120 dias, podendo ser prorrogado por mais 60 dias, para concluir o trabalho de apuração do fato.




EDITORIAS

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados | Jornal Nossa Terra