Mensagem

ADVENTO: O MISTÉRIO DE CRISTO QUE VEM

Por Padre David Bruno Goedert, Paróquia Nossa Senhora dos Campos.

A cada ano em nossas comunidades cristãs, o Tempo do Advento abre o ano litúrgico e nos prepara para as festividades do Natal do Senhor Jesus. Neste Tempo a Igreja nos exorta a renovar continuamente a lembrança de tão grande amor de Deus para conosco. Ensina-nos também que a vinda de Cristo não foi proveitosa apenas para seus contemporâneos, mas que sua eficácia é comunicada a todos nós se, mediante a fé e os sacramentos, quisermos receber a graça que ele nos prometeu, e orientar nossa vida de acordo com seus ensinamentos.

O Advento celebra a vinda de Jesus Cristo no tempo e na história dos homens para trazer-lhes a salvação, sendo por tanto um tempo de expectativa que deve ser vivido em plenitude. Antes de celebrar o nascimento de Jesus, somos chamados a proclamar que o Senhor vem a nos prepararmos para sua vinda.

Três são as figuras que guiam o cristão na preparação para a vinda do Senhor: o povo de Deus do Antigo Testamento encarnado em Isaías; o Profeta Precursor, João Batista, que preparou o caminho e mostrou o Messias presente entre o povo; e Maria, que vem preparar mais especialmente o natal de Jesus. O refrão que perpassa todo esse tempo é: Vinde Senhor Jesus!!!

O símbolo mais conhecido é a coroa do Advento que com suas quatro velas nos convida a uma atitude de vigilância, que é própria do tempo. As Velas da Coroa do Advento possuem uma ordem que devem ser acesas, começando pelo primeiro Domingo do Advento. 1° Verde - Deve ser acendida no primeiro domingo do Advento, representada pelo verde que é a esperança que é trazida pelos profetas que anunciam a vinda do Messias. 2° Vermelha - A segunda vela a se acender, a cor vermelha que representa o amor de Deus, também representa a anunciação feita por João Batista. 3° Roxa - O roxo durante o advento representa a alegria da chegada do Senhor que se aproxima cada vez mais. 4° Branca - A vela que representa a pureza do Branco, além da luz que vem da Virgem Maria, na chegada de seu filho O Messias.

Palavras chaves do advento são espera e esperança, vigilância e acolhimento. Vigiar na espera de Cristo é uma atitude semelhante à da espera de um amigo ou de um noivo (por parte da noiva). João Batista descreveu tal espera alegre com as seguintes palavras: "Quem tem a esposa é o esposo, mas o amigo do esposo, que está presente e o ouve, é tomado de alegria à voz do esposo. Essa é minha alegria, e ela é completa" (Jo 3,29).

O advento nos ajuda a renovar nosso fervor missionário de anunciadores do reino messiânico ao mundo inteiro, reino de amor, de justiça e de paz, do qual o natal se mostra como primícia e uma garantia preciosíssima. A espiritualidade do advento é uma espiritualidade comprometida, que nos leva a ser uma Igreja para o mundo e para toda a humanidade fonte de esperança e alegria.




EDITORIAS

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados | Jornal Nossa Terra